Governador do Texas proíbe o passaporte da vacina

Greg Abbot disse que defende a liberdade das pessoas
-Publicidade-
O governador do Texas, Greg Abbot | Foto: Gage Skidmore/Flickr
O governador do Texas, Greg Abbot | Foto: Gage Skidmore/Flickr

Empresas localizadas no Texas estão proibidas de exigir o passaporte da vacina de seus empregados e clientes. Trata-se de uma determinação do governador do Estado, Greg Abbot. A medida desafia o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que defende a compulsoriedade da vacina anticovid-19, além de um certificado sanitário obrigatório a todos.

“Em outro caso de exagero federal, a administração Biden está agora intimidando muitas entidades privadas para que imponham mandatos de vacinas contra a covid-19”, declarou Abbot, na segunda-feira 11. “Isso causa interrupções na força de trabalho que ameaçam a recuperação contínua do Texas na pandemia”, acrescentou o republicano.

Abbot disse que defende as vacinas e, sobretudo, a liberdade das pessoas. “A imunização é profundamente encorajada a todos que possam recebê-la, mas tem de ser sempre recebida de maneira voluntária”, afirmou o governador, ao mencionar que há aqueles que rejeitam a vacina por motivos religiosos, pessoais ou por já ter se curado.

-Publicidade-

Leia também: “O escândalo do passaporte sanitário”, artigo de Guilherme Fiuza publicado na Edição 58 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.