Grupo protesta em El Salvador contra uso do bitcoin como moeda oficial

Eles argumentam que o governo de Nayib Bukele está sendo autoritário
-Publicidade-
Pessoas com cartazes nas ruas de San Salvador, capital de El Salvador | Foto: Reprodução/diariocolatino
Pessoas com cartazes nas ruas de San Salvador, capital de El Salvador | Foto: Reprodução/diariocolatino

Milhares de pessoas saíram às ruas da capital de El Salvador nesta quarta-feira, 15, para protestar contra a utilização do bitcoin como moeda oficial — medida que entrou em vigor na última semana. O ato aconteceu no dia de comemoração do 200º aniversário da Independência do país. A população também defendeu que o presidente Nayib Bukele respeite a separação entre os Poderes.

Leia mais: “Após El Salvador adotar bitcoin, moeda digital cai 11%”

Os organizadores seguravam cartazes pedindo maior liberdade ao Judiciário e argumentavam que não houve consulta antes da Lei Bitcoin. Além disso, afirmaram que há violação do Estado Constitucional e Democrático e da Lei de Acesso às Informações Públicas. Eles dizem que, diante da escalada de um regime autoritário como o de Bukele, a democracia está sendo destruída, restando à população os protestos.

-Publicidade-

Leia também: “Este homem é presidente de República”, reportagem de Dagomir Marquezi publicada na Edição 52 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.