Guerra na Síria registra o menor número de vítimas desde 2011

Durante o mês de março a guerra na Síria matou pelo menos 103 civis, contra 275, o balanço mais baixo registrado desde 2011, quando o conflito se iniciou.
-Publicidade-

O último conflito na região foi suspenso no início de março

Bandeira Síria | Foto: PxHere
-Publicidade-

Durante o mês de março a guerra na Síria matou pelo menos 103 civis, contra 275, o balanço mais baixo registrado desde 2011, quando o conflito se iniciou.

De acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos ,15 pessoas morreram nos bombardeios e ataques aéreos do regime de Bashar al-Assad.

Outras foram atingidas pela explosão de minas ou assassinadas por diferentes motivos. Em nove anos de guerra, a região ja registrou mais de 380 mil mortos.

O mês de julho de 2016 foi o que registrou mais mortes desde 2011: mais de 1.590 civis pereceram nos combates entre rebeldes e as forças do regime na província de Alepo, no norte do país, segundo informações da Rádio França Internacional.

No inicio de março aconteceu a útima onfesiva na região, o cessar-fogo foi negociado pela Rússia, aliada do regime, e da Turquia, que apoia algumas zonas controladas por grupos rebeldes.

A operação provocou o deslocamento de cerca de um milhão de pessoas na região entre os meses de dezembro e março. A maior parte se encontra em campos para refugiados superlotados, perto da fronteira turca.

Diversas ONGs alertam para uma catástrofe sanitária com a propagação da covid-19  nos acampamentos e nas prisões do regime sírio.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.