Índia transforma vagões de trem em enfermarias

A Indian Railways, uma das instituições mais conhecidas e respeitadas no país asiático, está convertendo os vagões dos seus trens em enfermarias de isolamentos para pacientes infectados com o coronavírus.
-Publicidade-
Um trem da Indian Railways
Foto: Nikhil B/Wikimedia
Um trem da Indian Railways Foto: Nikhil B/Wikimedia | Trem Índia

Governo do país quer utilizar a infraestrutura da rede ferroviária do país em um aliado na luta contra o coronavírus

Trem Índia
Um trem da Indian Railways
Foto: Nikhil B/Wikimedia
-Publicidade-

A Indian Railways, uma das instituições mais conhecidas e respeitadas no país asiático, está convertendo os vagões dos seus trens em enfermarias de isolamentos para pacientes infectados com o coronavírus. Apesar da Índia ter decretado quarentena total, a pandemia não mostra sinais de recuo.

A quarentena marcou a primeira vez de 1853, quando a primeira ferrovia do país foi inaugurada pelos britânicos, que nenhum trem de passageiro circula na Índia, de acordo com o Financial Times. Usualmente, 23 milhões de passageiros utilizam os trens da Indian Railways todos os dias, mais de 12.600 viagens acontecem diariamente.

Porém, com as medidas de isolamento e as suspensões de viagens, a empresa está convertendo 5.000 vagões em enfermarias. O sistema de saúde do país, já precário, está mostrando sinais de superlotação. Com isso, o governo espera criar mais de 80 mil leitos de isolamento, que podem ser equipados, conforme a orientação médica.

Os vagões de trem ainda possuem a vantagem de serem móveis, podendo ser transportados para qualquer região do país, inclusive aquelas com infraestrutura de saúde mais precária.

“Todo país utiliza qualquer espaço público disponível para tratar os doentes. Nova York transformou o Javits Center em um hospital de campanha. A Indian Railways possui a infraestrutura que conecta todo o país, afirmou Junaid Ahmad, diretor do Banco Mundial no país.

Até o momento, a Índia possui 6.761 casos confirmados e 206 mortes confirmadas em razão do coronavírus, de acordo com dados oficiais do governo.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site