Insider: ‘Como se defender de um ataque nuclear’

Algumas das orientações parecem bem ingênuas, mas podem funcionar em alguns casos
-Publicidade-
Foto: Reprodução/ MaxPixel
Foto: Reprodução/ MaxPixel | Foto: Reprodução/ MaxPixel

Com as constantes ameaças de escalada militar de Vladimir Putin, a possibilidade de uma guerra nuclear voltou a se tornar assunto. O site Insider publicou um passo a passo de algo considerado praticamente impossível: defender-se da devastação de armas atômicas.

O “guia” diz que em caso de ataque, a população teria de 15 a 30 minutos para tomar alguma providência. Isso vai depender da distância que você estiver do centro da explosão. A radiação emanada pela bomba diminui 55% uma hora depois da explosão e 80% depois de 24 horas.

Primeiros 30 minutos — procure abrigo, proteja os olhos, jogue-se no chão, mantenha a boca aberta para evitar o rompimento dos tímpanos com a pressão.

-Publicidade-

Primeiros 45 minutos — fuja da direção do vento, que vai trazer a nuvem radiativa. Se não encontrar um abrigo específico para guerra nuclear, procure qualquer construção. Se for num edifício, tente chegar aos andares intermediários. E fique longe das janelas.

Primeiras 24 horas — tome um banho assim que puder com água quente sem machucar a pele. Mesmo em hospitais especializados um banho é a primeira providência tomada para afastar os elementos radiativos da pele. Não coma nada que não estiver embalado, enlatado ou dentro de um refrigerador, especialmente frutas e vegetais.

As recomendações parecem ingênuas, mas podem funcionar em muitos casos. Mas escapar de uma explosão nuclear é apenas a primeira parte do problema e o mais importante é evitar que uma guerra desse tipo aconteça. Algumas das suas  piores consequências acontecem depois das explosões, como alertou o filme O Dia Seguinte, de 1983.

Leia também: “Devagar, malfeito e complicado”, artigo publicado na Edição 102 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.