Johnson & Johnson, Moderna e Pfizer prometem 3,5 bilhões de doses de vacinas a países pobres

Nações economicamente mais frágeis poderão comprar imunizantes a preço de custo
-Publicidade-
Empresas prometeram facilitar venda de vacinas a países pobres
Empresas prometeram facilitar venda de vacinas a países pobres | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

As fabricantes de vacinas contra a covid-19 Johnson & Johnson, Moderna e Pfizer comprometeram-se nesta sexta-feira, 21, durante cúpula do G20, a doar 3,5 bilhões de doses aos países menos desenvolvidos.

De acordo com as empresas, neste ano será fornecido cerca de 1,3 bilhão de doses — o restante será disponibilizado em 2022. A Pfizer fornecerá 2 bilhões de doses, a Moderna 995 milhões e a Johnson & Johnson 500 milhões.

Os países economicamente mais frágeis poderão comprar os imunizantes a preço de custo, enquanto os de média renda a preço reduzido, informaram os porta-vozes das companhias, na cúpula virtual.

-Publicidade-

Leia também: “Grávida, vacinada e morta”, artigo de Guilherme Fiuza publicado na Edição 60 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro