Livro celebra um gigante em perigo: o baobá

Árvore pode viver por mais de 2.000 anos e corre perigo de extinção
-Publicidade-
Foto: divulgação Beth Moon.

A fotógrafa Beth Moon está lançando um livro em homenagem a uma árvore que chega a viver 2.000 anos e corre perigo de extinção: o baobá, que se tornou mundialmente famoso através do livro O Pequeno Príncipe, escrito e ilustrado por Antoine de Saint-Exupéry. É uma árvore que, apesar de seu tamanho, se parece mais com uma planta suculenta recheada com milhares de litros de água.

Em 2011, segundo o jornal The Times, morreu o baobá mais antigo do mundo: uma árvore chamada Panke, no Zimbábue, que caiu por causa do próprio peso. Beth Moon viajou por quatro países da África (Senegal, Botswana, Madagascar e África do Sul) registrando exemplares da árvore, cada vez mais rara por causa do processo de desertificação. O livro pode ser adquirido pela Amazon e custa R$ 602.

-Publicidade-

 

Foto: divulgação Amazon.
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.