Lula vai a ‘ato sobre fim da ditadura’ ao lado do presidente da Argentina

Evento encerra o tour internacional do petista
-Publicidade-
O presidente da Argentina é inimigo de Bolsonaro
O presidente da Argentina é inimigo de Bolsonaro | Foto: Divulgação/Alberto Fernández/Instagram

Lula tem um encontro marcado com os peronistas Alberto Fernández e Cristina Kirchner. Na quinta-feira 9, o ex-presidente embarcará à Argentina, onde vai participar de um ato que marca o fim do regime militar naquele país.

Formalizado por Fernández, o convite prevê uma passeata na Plaza de Mayo, ao lado dos chefes de Estado. O evento encerra o tour internacional de Lula neste ano. O petista deve se candidatar ao Palácio do Planalto em 2022.

O ato será realizado em 10 de dezembro, um dia depois do embarque de Lula. Na data, os argentinos celebram o fim dos governos militares. Nesse dia, tomarão posse os novos legisladores no Congresso Nacional do país.

-Publicidade-

As eleições para o Parlamento representaram uma derrota da esquerda argentina. A direita avançou no Senado, tirando o controle da Casa de Cristina, que será obrigada a negociar com os conservadores.

Lula, Fernández e Kirchner

O presidente da Argentina é amigo e aliado de Lula. Enquanto o petista estava preso, Fernández foi a Curitiba (PR) para visitá-lo. Ao tomar posse, Fernández celebrou a soltura de Lula, considerado por ele “preso político”.

Quando governou a Argentina, Cristina se aproximou do petista.

Leia também: “Argentina: o eterno flerte com o suicídio”, reportagem publicada na Edição 68 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

10 comentários Ver comentários

  1. O povo brasileiro irá pagar mais uma viagem inútil e cara desse ladrão mentiroso ! Esses deputados e senadores que permitem isso não deveriam ser eleitos nunca mais ! Renovação total do Congresso em 2022 ! Eu farei a minha parte ,tenho anotados os nomes de quem eu votei em 2018 e não os reelegerei !

  2. Temos que mandar a direitalha conservadora para os infernos, cambada de fdps, sonegadores, ladrões, usurpadores, entreguistas, sabotadores, preconceituosos, o diabo os espera

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.