-Publicidade-

Maduro rejeita proposta dos EUA de novas eleições

O ditador Nicolás Maduro rejeitou nesta terça-feira, 31, a proposta feita pelos Estados Unidos para que sejam realizadas novas eleições na Venezuela. Antes, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo propôs a criação de um governo de transição, e um novo pleito.
Foto: Rede Social
Foto: Rede Social

Já Juan Guaidó defendeu a proposta do secretário de estado norte-americano, Mike Pompeo

Foto: Rede Social

O ditador Nicolás Maduro rejeitou nesta terça-feira, 31, a proposta feita pelos Estados Unidos para que sejam realizadas novas eleições na Venezuela.

Antes, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo propôs a criação de um governo de transição, e um novo pleito.

Ao se manifestar sobre o assunto, o governo chavista classificou a ideia de “aberração”.

Já o presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, pediu que Maduro aceite a proposta dos Estados Unidos.

“Que o usurpador assuma sua responsabilidade e aceite a oferta que lhe fez a comunidade internacional”, escreveu Guaidó no Twitter.

Na quinta-feira, 26, a justiça dos Estados Unidos indiciou Maduro por “narcoterrorismo” e ofereceu 15 milhões de dólares por informações que ajudem em sua captura.

No mesmo dia, Guaidó foi convocado pela Procuradoria venezuelana, que é chavista, por uma investigação de um suposto plano de “golpe de Estado”.

Os Estados Unidos têm advertido que prender Guaidó seria o “último erro” de Maduro.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês