Ministério Público da Espanha arquiva acusações contra Neymar

A Promotoria havia pedido inicialmente dois anos de prisão e uma multa de € 10 milhões contra o craque brasileiro

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
A decisão anunciada nesta sexta-feira, 28, foi recebida com 'surpresa' pela mídia espanhola
A decisão anunciada nesta sexta-feira, 28, foi recebida com 'surpresa' pela mídia espanhola | Foto: Divulgação

O Ministério Público da Espanha retirou todas as acusações de fraude e corrupção contra o jogador brasileiro Neymar. A decisão anunciada nesta sexta-feira, 28, foi recebida com “surpresa” pela mídia espanhola. Ele era acusado de fraude e corrupção na transferência realizada do Santos para o Barcelona em 2013.

A Promotoria havia pedido inicialmente dois anos de prisão e uma multa de € 10 milhões contra o craque brasileiro. “Não há o menor indício de crime”, disse o promotor Luis Garcia Canton, depois que todos os réus testemunharam no julgamento em Barcelona, pedindo ao juiz a “absolvição de todos”.

Além de Neymar, os promotores espanhóis também retiraram as acusações contra o ex-presidente do Barcelona Sandro Rossel e Josep Maria Bartomeu. Segundo o jornal espanhol Sport, o pai do jogador e os representantes do Santos também tiveram as denúncias arquivadas.

-Publicidade-

O caso

Na ação, Neymar, Rossel e outros dirigentes eram acusados de crime de corrupção. O caso foi originado por uma denúncia da empresa brasileira DIS, fundo que detinha os direitos econômicos de Neymar à época da transferência, em 2013. A DIS alegou que o contrato foi fraudado, para que a empresa recebesse menos pela transferência.

Oficialmente, o Barcelona informou que o valor do contrato da transferência de Neymar foi de € 57,1 milhões (cerca de R$ 310 milhões). Após a denúncia da DIS, no entanto, a Justiça espanhola começou a investigar o caso e suspeita que o valor real do contrato foi de € 83,3 milhões (mais de R$ 450 milhões) e que o montante tenha sido diluído em contratos paralelos, para maquiar o valor real da transação. A defesa dos acusados sempre negou.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.