Morre Vangelis, autor de trilhas sonoras

O compositor e tecladista grego ficou mundialmente famoso e ganhou um Oscar com o tema de 'Carruagens de Fogo'
-Publicidade-
Vangelis em 2012, cercado pelos atores da versão teatral de Carruagens de Fogo
Vangelis em 2012, cercado pelos atores da versão teatral de Carruagens de Fogo

O compositor grego Vangelis faleceu nesta quarta-feira 18, aos 79 anos, vítima de insuficiência cardíaca. Ele se tornou mundialmente famoso com a trilha sonora do filme Carruagens de Fogo, que ganhou um Oscar em 1982.

Vangelis, que foi batizado Evangelos Odysseas Papathanassiou, considerava que muitos dos filmes que assistia não precisavam de música, e rejeitou várias ofertas de trabalho. Renegava o sucesso e a fama. “Eu componho para mim mesmo”, declarou certa vez. “Eu não quero ser bem sucedido. Eu quero ser eu mesmo”.

Em 1967 Vangelis fugiu do regime militar que se instalou na Grécia e se estabeleceu em Paris. Como tecladista, ao lado do cantor Demis Roussos, formou a banda Aphrodite’s Child, que emplacou um grande sucesso com “Rain and Tears”.

-Publicidade-

Em seguida, Vangelis se mudou para Londres, onde montou o próprio estúdio. Chegou a ser convidado para substituir o tecladista Rick Wakeman na banda Yes, mas não aceitou. Mesmo assim gravou cinco álbuns com o vocalista do Yes, Jon Anderson.

Vangelis acreditava que a “música é implantada em nós todos, e fazemos parte de uma memória coletiva. Eu uso a primeira impressão que surge na minha cabeça”. Ele será sempre lembrado pelo tema que criou para acompanhar os atletas correndo numa praia em “Chariots of Firte”.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.