Nicolas Sarkozy, ex-presidente da França, é condenado a um ano de prisão

Político foi acusado de ter gastado o dobro do valor máximo permitido na campanha em que perdeu para François Hollande
-Publicidade-
Nicolas Sarkozy, ex-presidente da França, vem sofrendo derrotas em série nos tribunais
Nicolas Sarkozy, ex-presidente da França, vem sofrendo derrotas em série nos tribunais | Foto: Reprodução/Flickr

O ex-presidente da França Nicolas Sarkozy foi condenado nesta quinta-feira, 30, a um ano de prisão em regime domiciliar por financiamento ilegal de sua campanha à reeleição, em 2012.

Sarkozy foi acusado de ter gastado quase o dobro do valor máximo permitido pela legislação francesa na campanha em que foi derrotado pelo socialista François Hollande.

Leia mais: “Governo da França quer prorrogar passaporte sanitário até 2022”

-Publicidade-

Segundo a decisão do tribunal de Paris que julgou o caso, o ex-presidente poderá cumprir a pena em sua residência, mas deverá utilizar tornozeleira eletrônica. O advogado de Sarkozy, Thierry Herzog, anunciou que vai recorrer da sentença. Além de Sarkozy, outras 13 pessoas foram condenadas no processo.

Leia também: “Homem que jogou ovo em Macron é internado em clínica psiquiátrica”

Em março, no âmbito de uma outra ação penal, o ex-presidente da França, que governou o país entre 2007 e 2012, foi condenado por corrupção e tráfico de influência.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.