-Publicidade-

Nos EUA, ONG vai dar maconha a quem se vacinar

País iniciou a imunização contra a covid-19 em 14 de dezembro
Cofundador da organização afirma que a campanha é a "celebração do fim da pandemia"
Cofundador da organização afirma que a campanha é a "celebração do fim da pandemia" | Foto: Divulgação/Flickr

Em Washington D.C, voluntários da ONG Marijuana Justice (DCMJ) vão distribuir saquinhos de maconha à porta dos centros de vacinação a quem se imunizar contra a covid-19. “O DCMJ ressalta que, para partilhar de maneira segura um cigarro de maconha sem potencialmente contribuir para a transmissão do coronavírus que causa a covid-19, todos os usuários devem ser vacinados”, informou a organização, sem fins lucrativos, em nota divulgada à imprensa no domingo 17.

À mídia estrangeira, o cofundador da DCMJ declarou que a campanha é a “celebração do fim da pandemia”. Ainda segundo ele, “nada une tanto as pessoas quanto a Cannabis”. Entre outros pontos, a ONG também reivindica o direito de os norte-americanos cultivarem a erva em casa. Hoje, o uso recreativo da maconha é legal em 15 dos 50 Estados norte-americanos, e descriminalizado em outros 16. Os Estados Unidos começaram a imunizar a população em 14 de dezembro, com vacinas experimentais da Pfizer e da Moderna.

Leia também: “Covid-19: vacinação nacional começa às 17h de hoje”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês