Novo conflito em Jerusalém deixa 180 pessoas feridas

Briga entre palestinos e judeus se estende desde a sexta-feira da semana passada
-Publicidade-
Saldo de feridos chega a 500
Saldo de feridos chega a 500 | Foto: Divulgação/Flickr

Um novo conflito em Jerusalém deixou 180 feridos na Esplanada das Mesquitas na manhã desta segunda-feira, 10. A briga se deu entre palestinos e a polícia. Hoje, comemora-se o dia em que Israel conquistou, em 1967, Jerusalém Oriental e a Cidade Velha. Os locais abrigam edificações sagradas dos muçulmanos, dos judeus e dos cristãos. Segundo a polícia, tudo começou depois de os palestinos atirarem pedras e fogos de artifício na direção do Muro das Lamentações, onde milhares de judeus se reuniam para orar.

Os agentes revidaram com bombas de efeito moral. Os confrontos começaram na sexta-feira 7, quando um grupo de palestinos alegou ter sido impedido de entrar no complexo da mesquita Al-Aqsa, um dos locais mais reverenciados por fiéis da religião, para celebrar o fim do Ramadã, o mês de jejum dos muçulmanos. Desde o início das brigas, já são 500 feridos.

Leia também: “Depois de ataque hacker, 17 Estados dos EUA entram em emergência”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro