-Publicidade-

‘O islamismo é um fanatismo monstruoso’, diz cardeal após atentado na França

Palavras são de Robert Sarah, integrante africano da Igreja Católica
O cardeal Robert Sarah | Foto: Divulgação
O cardeal Robert Sarah | Foto: Divulgação | robert sarah x islalismo - atentado na frança

Palavras são de Robert Sarah, integrante africano da Igreja Católica

robert sarah x islalismo - atentado na frança
O cardeal Robert Sarah | Foto: Divulgação

Cardeal da Igreja Católica, o guinense Robert Sarah, de 75 anos, não moderou palavras ao comentar o atentado ocorrido na manhã desta quinta-feira, 29, e que deixou três mortos na França. Para ele, é preciso combater o islamismo

Leia mais: “Macron anuncia 2° lockdown na França”

O católico afirmou que os fanáticos muçulmanos não irão parar. “O islamismo é um fanatismo monstruoso que deve ser combatido com força e determinação. Ele não vai parar sua guerra”, publicou o cardeal por meio de seu perfil no Twitter.

Os bárbaros são sempre inimigos da paz

Nascido em Guiné e com experiências em países como Senegal e Costa do Marfim, Sarah afirmou que o islamismo tem histórico de problemas no continente africano. “Infelizmente, nós, africanos, sabemos disso muito bem. Os bárbaros são sempre inimigos da paz. O Ocidente, hoje a França, deve entender isso. Rezemos”, complementou o cardeal.

Palavra do papa

Robert Sarah não foi o único membro da Igreja Católica a se pronunciar a respeito do atentado de hoje em Nice, França, em que o assassino foi preso evocando as palavras “Alá é grande”. Também por meio do Twitter, o papa Francisco falou sobre o tema. Diferentemente do cardeal, ele não citou questões relativas ao islã.

“Estou perto da comunidade católica de Nice, em luto após o ataque que semeou a morte em um lugar de oração e consolação. Rezo pelas vítimas, por suas famílias e pelo querido povo francês, para que possam responder ao mal com o bem”, afirmou Francisco.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês