Obama e a caça às bruxas erradas

Na principal democracia do mundo, um general vive o inferno ao deixar o Partido Democrata e integrar o governo Donald Trump. 
-Publicidade-
Michael Flynn: perseguido por ter se aliado a Trum ainda na administração Obama | Foto: Gage Skidmore / Wikimedia Commons
Michael Flynn: perseguido por ter se aliado a Trum ainda na administração Obama | Foto: Gage Skidmore / Wikimedia Commons

Na principal democracia do mundo, um general vive o inferno ao deixar o Partido Democrata e integrar o governo Donald Trump

Michael Flynn: perseguido por ter se aliado a Trump ainda na administração Obama
Foto: Gage Skidmore/Wikimedia Commons
-Publicidade-

Em sua coluna da presente edição da Revista Oeste, Alexandre Borges conta a história de Michael Flynn, obrigado a se aposentar após uma verdadeira trama rocambolesca criada pela administração Obama com a ajuda do FBI — a Polícia Federal americana — e que acabou por fazer de um inocente, culpado, numa “caça às bruxas” que custou milhões de dólares aos pagadores de impostos dos Estados Unidos.

Leia: “A polícia política de Obama e os limites da democracia” 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site