Odebrecht é multada por corrupção e terá de pagar mais de R$ 260 milhões

Segundo autoridades colombianas, empreiteira pagou propina para funcionário do governo 
-Publicidade-
Foto: DIVULGAÇÃO
Foto: DIVULGAÇÃO | odebrecht - recuperação judicial

Segundo autoridades colombianas, empreiteira pagou propina a funcionário do governo

odebrecht - recuperação judicial
Construtora subornou funcionário colombiano para ganhar licitação | Foto: Divulgação

Autoridades colombianas anunciaram nesta segunda-feira, 28, que a Odebrecht terá de pagar multa de US$ 50 milhões (cerca de R$ 263 milhões) por corrupção na construção de uma rodovia. Segundo investigação, a empreiteira e suas empresas parceiras pagaram US$ 6,5 milhões de propina a Gabriel García, funcionário do governo colombiano, que facilitou a vitória da empresa na licitação.

-Publicidade-

Leia também “Lava Jato: STF libera acesso de Lula a mensagens vazadas”

A investigação se baseou no acordo que a construtora fez com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, em 2016, e na confissão de García, que está em prisão domiciliar, cumprindo pena de cinco anos. Os executivos Luiz Bueno, Luiz Mameri e Yesid Arocha também terão de pagar multa de US$ 900 mil por “terem colaborado” no esquema.

Com informações do Estadão Conteúdo 

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro