ONU: Coronavírus ameaça dobrar a fome no mundo

A crise causada pela pandemia de coronavírus colocou 130 milhões de pessoas em "ameaça severa" de sofrer de fome. A estimativa foi divulgada pelo Programa Mundial de Alimentos da ONU.
-Publicidade-
Foto: Hunny Taneja/Pixabay
Foto: Hunny Taneja/Pixabay

Com a crise econômica provocada pela pandemia, mais 130 milhões de pessoas estão com a subsistência em risco

Foto: Hunny Taneja/Pixabay
-Publicidade-

A crise causada pela pandemia de coronavírus colocou 130 milhões de pessoas em “ameaça severa” de passar fome. A estimativa foi divulgada pelo Programa Mundial de Alimentos da Organização das Nações Unidas (ONU).

Por causa dos impactos econômicos da covid-19, o total daqueles que enfrentam insegurança alimentar aguda pode chegar a 265 milhões, quase o dobro do que se verificou em 2019. No ano passado, cerca de 135 milhões, em 55 países, enfrentaram situação de fome, o número mais alto registrado nos quatro anos de existência do relatório.

Segundo os representantes da ONU, a África será, provavelmente, a região mais atingida. Por motivos diversos, como conflitos armados e crises econômicas, o relatório cita alguns países críticos: República Democrática do Congo, Sudão do Sul, Zimbábue, Paquistão, Haiti e Venezuela.

O acréscimo de 22 milhões de pessoas ao relatório deste ano se deve à inclusão de países na lista.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Entre os motivos, a ONU deveria apontar também a CORRUPÇÃO que existe entre os mandatários dos países pobres, que rouba no próprio país e ainda desvia o dinheiro doado pelo mundo todo. Deviam aprender com a OMS e divulgar a cada dia quantos morreram em cada país

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site