ONU denuncia execuções sumárias cometidas pelo Talibã

Recentemente, o grupo fundamentalista islâmico havia prometido respeitar os direitos humanos
-Publicidade-
Michelle Bachelet é alto-comissário de Direitos Humanos da ONU
Michelle Bachelet é alto-comissário de Direitos Humanos da ONU | Foto: Reprodução/Flickr

O alto-comissário da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, informou nesta terça-feira, 24, ter recebido relatos de graves abusos em áreas controladas pelo grupo terrorista Talibã no Afeganistão, incluindo execuções sumárias de civis e de membros das forças de segurança que entregaram suas armas.

Em discurso durante sessão emergencial, Bachelet pediu que a ONU aja de maneira rigorosa para monitorar a situação vivenciada pela população afegã. “Nesse momento crítico, exorto o Conselho de Direitos Humanos a tomar medidas ousadas e vigorosas, proporcionais à gravidade dessa crise, estabelecendo um mecanismo para monitorar a situação no Afeganistão.”

Conforme noticiou Oeste, os líderes do Talibã prometeram restaurar a segurança no país e governar de maneira moderada. “A responsabilidade recai totalmente sobre o Talibã, que precisa traduzir esses compromissos em realidade”, disse Bachelet ao conselho de 47 Estados-membros, considerado o principal órgão de Direitos Humanos da ONU.

-Publicidade-

Leia também: “O fiasco de Joe Biden”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na Edição 74 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro