ONU vai exigir o passaporte sanitário para a Assembleia Geral

Encontro entre líderes mundiais vai ocorrer na semana que vem
-Publicidade-
O presidente Jair Bolsonaro discursa durante a abertura da Assembleia Geral da ONU em 2019 | Foto: Alan Santos/PR
O presidente Jair Bolsonaro discursa durante a abertura da Assembleia Geral da ONU em 2019 | Foto: Alan Santos/PR

A Organização das Nações Unidas comunicou que irá exigir o passaporte sanitário da covid-19 para liberar a entrada no plenário onde acontecerá a 76ª Assembleia Geral do organismo, na semana que vem. Como é tradição, o Brasil faz o discurso de abertura do encontro entre líderes mundiais.

Em carta enviada a diplomatas na terça-feira 14, o presidente da Assembleia Geral, Abdullah Shahid, informou às nações que recebeu duas cartas da prefeitura de Nova Iorque informado que “a prova de vacinação é exigida para certas atividades em ambientes internos, incluindo a sede das Nações Unidas.”

Leia também: “O escândalo do passaporte sanitário”, artigo de Guilherme Fiuza publicado na Edição 58 da Revista Oeste

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

10 comentários Ver comentários

  1. Determinação da NOM – Tentar deixar o PR Bolsonaro numa saia justa. Aqui no Brasil o MS barrou os jogadores da Argentina por não cumprirem a quarentena. Era o 1º ato pra resultar nisso aí. Com certeza a Lenda saberá resolver essa situação. É só alegar algum motivo e fazer o discurso de abertura por vídeo conferência. Ou então tomar um plecebim como muitos líderes estão fazendo pegar um passaporte sanitário.

  2. Mandem o cachaceiro para fazer a abertura, mas tem que dar a ele uma garrafa de HAVANA pra beber antes, ai ele vai soltar a língua.

  3. Faça uma live então. Agora só falta exigir vacina para vírus da internet. Por mim, enviaria um representante de preferência do 3º escalão, um assessor de um ministro qualquer para fazer essa abertura, como mostra do prestígio dessa organização socialista mundial.

  4. E impressionante a contradição dessa obrigatoriedade. Ou os imunizados têm medo de se reunir com não imunizados, ou a vacina não funciona e eles não querem dizer isso ao povo, ou querem mostrar que tem poder sobre qualquer nação ou povo… 😔

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.