Pandemia causa prejuízo de € 350 bilhões à economia da Alemanha

As perdas registradas pelo país se devem à queda no consumo, a medidas de bloqueios e a problemas na cadeia de suprimentos
-Publicidade-
O estudo ainda estima que nos primeiro três meses deste ano, ainda poderá haver uma perda de € 50 bilhões para o país
O estudo ainda estima que nos primeiro três meses deste ano, ainda poderá haver uma perda de € 50 bilhões para o país | Foto: Reprodução/Canva

A pandemia de covid-19 custou à economia da Alemanha € 350 bilhões (R$ 2,1 trilhões) em valor agregado nos últimos dois anos, segundo um estudo do Instituto de Economia do país, divulgado no domingo 23.

As perdas registradas se devem à queda no consumo, a medidas de bloqueios e a problemas na cadeia de suprimentos. Além disso, também houve redução de investimentos por parte das empresas.

O estudo ainda estima que, nos primeiros três meses deste ano, ainda poderá haver uma perda de € 50 bilhões (R$ 350 bilhões). “A recuperação levará anos”, indicou a análise.

-Publicidade-

Mesmo que o nível pré-crise do Produto Interno Bruto (PIB) fosse atingido novamente até o final de 2022, ainda assim haveria uma “lacuna significativa” no desempenho econômico, em comparação com um cenário sem o coronavírus, explicaram os economistas.

Problemas na cadeia de suprimentos

Os negócios com outros países diminuíram drasticamente. No segundo trimestre de 2020, o PIB real caiu 11% em relação ao ano anterior.

De acordo com o estudo, os problemas nas cadeias de suprimentos foram cruciais no segundo ano da pandemia para a economia da Alemanha, afetando principalmente a indústria automotiva.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Então o prejuízo para a Alemanha foi, em reais R$ 2,18 trilhões que equivalem a quase a metade do orçamento da União para este ano que são R$ 2,365 trilhões. Este é o monumental “Fique em casa, que a economia vemos depois”. E agora vai amargar com a falta de gás da Rússia e se houver guerra por lá, acabará de ir pro saco.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.