Revista Oeste - Eleições 2022

Partido Comunista da China aumenta controle sobre empresas privadas

Os empresários da China "devem atender às necessidades do partido"
-Publicidade-
Foto: Reprodução/YouTube
Foto: Reprodução/YouTube | partido comunista da china x empresas - energia elétrica

Os empresários da China “devem atender às necessidades do partido”

partido comunista da china x empresas
Foto: Reprodução/YouTube

O presidente da China e consequentemente secretário-geral do Partido Comunista do país, Xi Jinping, anunciou, na última semana, medida que afeta o dia a dia de empresas privadas em solo chinês. De acordo com o site Axios, o regime aumentará a “liderança sobre as corporações privadas”.

-Publicidade-

Leia mais: “Como as democracias morrem”

Além disso, os empresários da China “devem atender às necessidades do partido”. Dessa forma, o Partido Comunista começa a pôr em prática o que foi discutido durante evento realizado na última semana. Na ocasião, divulgou-se documento em que se defendiam “laços mais estreitos” entre as empresas particulares e o governo local.

“O novo memorando adiciona um forte elemento político, sugerindo que algumas empresas podem agora ser obrigadas a auxiliar nas atividades e objetivos políticos — embora os detalhes ainda não estejam claros”, observa a equipe do Axios, que pontua, por fim, as seguintes ações relacionadas ao controle do Partido Comunista da China sobre empresas privadas:

→ O partido obriga as companhias a agir conforme as orientações diplomáticas e de política externa de Pequim;

→ O partido afeta empresas de outros países. Foi, por exemplo, o caso da tcheca Klaviry Petrof. Fabricante de pianos, a marca teve cancelado um pedido de quase US$ 24 milhões feito por uma empresa chinesa. O cancelamento ocorreu após um representante do governo da República Tcheca visitar Taiwan;

→ Coincidentemente (ou não), empresas chinesas têm retirado anúncios de agências de notícias internacionais que publicam informações que desagradam ao governo de Pequim.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

    1. Penso que seja necessário que os mega empresários brasileiros tenham estratégia, não de sobrevivência mas de manutenção do domínio em suas parcerias de exportação! Nossos empresário têem de ser sempre o sócio MAJORITÁRIO. Isso não é só pensar Brasil mas sim ser inteligentes.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.