Partido Comunista da China e UE fecham acordo histórico

Estratégia é reduzir a influência dos Estados Unidos
-Publicidade-
Foto: Divulgação/União Europeia
Foto: Divulgação/União Europeia | Foto: Divulgação/União Europeia

Estratégia é reduzir a influência dos Estados Unidos

partido comunista da china
Entre outros pontos, a China se comprometeu a respeitar diretrizes sustentáveis | Foto: Divulgação/União Europeia

Depois de sete anos de negociações, a União Europeia (UE) e o Partido Comunista da China (PCC) fecharam nesta quinta-feira, 30, um acordo bilateral histórico. É o que noticiou o jornal Financial Times. As empresas do bloco poderão operar no país asiático em mercados antes restritos, como os de carros elétricos, hospitais, imóveis, publicidade, indústria marítima, serviços de nuvem de telecomunicações, sistemas de reserva de companhias aéreas, entre outros.

-Publicidade-

Em contrapartida, o PCC se comprometeu a ampliar direitos trabalhistas e “respeitar diretrizes sustentáveis”, contra as chamadas “mudanças climáticas”. Além disso, o tratado vai permitir à China entrar nos mercados manufatureiro e energético europeus ao contornar leis regulatórias da UE que proíbem subsídios às indústrias e o controle estatal de empresas. Tanto o PCC quanto a UE articulam-se para depender menos dos Estados Unidos.

Leia também: “Parlamento do Reino Unido apoia acordo pós-Brexit”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

15 comentários

  1. Quando a China terminar ,
    O estrupo. Se ainda existe América ! Vão correr pedindo
    Ajuda. A Europa e uma grande ,
    Prostituta drogada.

  2. Biden se encarregará de afrouxar essa influência e se deixar dominar. É um bocózão com um pé no Alzheimer e com ele e Kamala a China entrará com tudo nos EUA. Será o início da derrocada dos EUA.

    1. Será o início? O início começou com o golpe mundial: o Covid. Premeditado, foi tudo o que o PCC chinês fez, o golpe da derrocada do mundo e seu principal líder, EUA. A fase II foi tirarem Trump de qq jeito, com a mídia meanstream, as bigtechs e a influência nas eleições através de fraudes em larga escala (quando a mentira é grande, quanto maior, mais a massa acredita – massa por sinal já marxizada, se é que existe esta palavra). Os acordos com as prostitutas da UE são a terceira fase já, reafirmando influência comercial e financeira da China na europa. Se Trump não lançar mão da lei marcial dia 06, o mundo não será mais o mesmo. Me dói só de imaginar as dezenas de pandemias que virão…

  3. O Reino Unido, na época de Margareth Tatcher, caiu na mesma cilada, quando entregou Hong Kong para o controle do PCC que, por sua vez, fez as mesmas promessas de agora. O futuro repetindo o passado,

  4. A China promete. Jura com a mão na bíblia. Faz voto solene. Distribui abraços e beijos.

    E depois te apunhala pelas costas. Tão natural quanto a luz do Sol.

    Vejam o caso do Sri Lanka, da Austrália, de Hong Kong…. (logo, logo, poderemos acrescentar a Argentina na lista)

  5. Cada vez mais clara a importância de movimentos como o BREXIT. O Parlamento Europeu, liderado por radicais como Guy Verhofstadt,está trabalhando pesado para acelerar a agenda globalista. Pesquisem sobre esse cidadão. Se o Prefeito de Mirandópolis acha que o Dória é o novo Hitler, é por que ainda não teve tempo de conhecer o ex-primeiro ministro belga.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro