-Publicidade-

Peru prepara fim do isolamento social

País deve começar pela reabertura da capital e implementar medidas para reativar a economia
Lima, capital do Peru, deixará isolamento social | Foto: Roberta Ramos/Revista Oeste
Lima, capital do Peru, deixará isolamento social | Foto: Roberta Ramos/Revista Oeste | peru, reabertura econômica, lima

País deve começar pela reabertura da capital e implementar medidas para reativar a economia

peru, reabertura econômica, lima
Lima, capital do Peru, deixará isolamento social | Foto: Roberta Ramos/Revista Oeste

Apenas sete departamentos, como são chamados os Estados no Peru, devem permanecer em confinamento restritivo após 30 de junho.

O país sul-americano, que já contabiliza mais de cem dias paralisado, ainda permanecerá em estado de emergência nacional até 31 de julho.

A capital Lima, contudo, iniciará o processo de reabertura econômica, principal preocupação de Maria Antonieta Alva, ministra da Economia.

Por esse motivo, shopping centers da região receberam autorização para reabrir na última segunda-feira, 22.

Desde que o vírus chinês chegou ao Peru, mais de dois milhões de pessoas ficaram desempregadas e o Banco Central do país prevê queda de 12,5% no PIB.

Em consequência disso, o governo teve de ajudar famílias afetadas e criar um plano de crédito para as empresas.

Leia também: FMI: isolamento levará a dura crise na América Latina

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês