Por novo surto do coronavírus, Estado da Austrália fecha as fronteiras

A partir da meia noite desta terça-feira, 7, os moradores da cidade de Melbourne, capital do Estado australiano de Vitória, deverão permanecer confinados por pelo menos quinze dias
-Publicidade-
Foto: Linda72/ Pixabay
Foto: Linda72/ Pixabay | Coronavírus Austrália

O Estado de Vitória fechou a divisa com Nova Gales do Sul; novo surto do coronavírus preocupa as autoridades da Austrália

Coronavírus Austrália
Foto: Linda72/ Pixabay

A partir da meia noite desta terça-feira, 7, os moradores da cidade de Melbourne, capital do Estado australiano de Vitória, deverão permanecer confinados por pelo menos quinze dias.

-Publicidade-

As autoridades sanitárias do país pediram ao governo local para tomar essa decisão por causa de um aumento exponencial dos casos. Com quase cinco milhões de habitantes, Melbourne possui a segunda mais populosa região metropolitana da Austrália.

Veja também: “Austrália começa a retomada com pandemia sob controle”

Pela primeira vez em mais de 100 anos, uma divisa australiana será fechada. Para evitar o avanço do coronavírus para o norte, a divisa entre o Estado de Vitória e de Nova Gales do Sul, onde está a maior cidade do país, Sydney, ficará virtualmente intransponível.

Como informa a televisão australiana Sky News, só poderão cruzar a divisa aqueles que moram na proximidade e trabalham em outro Estado.

Como era de se esperar, essa medida polêmica está causando muitas críticas, inclusive de aliados do governo do primeiro-ministro Scott Morrison. Ele comanda a coalizão de centro-direita que governa o país.

O senador Bridget McKenzie afirmou que o fechamento da divisa causou certamente “raiva e confusão”. Ele acredita que a decisão foi exagerada e que o governo deveria fechar apenas Melbourne, o foco da doença, e deixar as cidades pequenas de fora.

As cidades de Albury e Wodonga, que ficam em Estados diferentes e formam uma região metropolitana com quase 100 mil habitantes ficarão divididas.

Coronavírus na Austrália

Localizada na Oceania e com muitos voos ligando o país à China, a Austrália teve o seu primeiro caso de coronavírus confirmado no dia 25 de janeiro. Esse caso foi registrado na cidade de Melbourne.

Mais: “Austrália quer Taiwan na Organização Mundial da Saúde”

Assim como a Nova Zelândia, a Austrália foi considerado um caso de sucesso no combate à pandemia, com o governo central e os Estados trabalhando em parceria.

De acordo com os dados divulgados pelo governo australiano, o país conta com 8.755 casos confirmados do coronavírus e 106 mortos.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.