Revista Oeste - Eleições 2022

Quem se beneficia da covid-19 sem fim?

É o que pergunta Debbie Lerman, em artigo publicado na Edição 115 da Revista Oeste
-Publicidade-
A pandemia interessa a quais setores da sociedade?
A pandemia interessa a quais setores da sociedade? | Foto: Reprodução/Shutterstock

Em artigo publicado na Edição 115 da Revista Oeste, Debbie Lerman faz as seguintes perguntas: “Quem se beneficia dessa covid-19 sem fim? Por que, se os dados e os especialistas dizem que a pandemia acabou, o nosso comportamento não reflete essa realidade? O que está nos impedindo — a nós de modo geral e às autoridade de saúde em especial — de finalmente dar fim a uma desgastante histeria pandêmica e garantir a todos que podemos tocar a vida?”.

Leia um trecho

“A resposta inclui todos os componentes do complexo industrial pandêmico: políticos, a burocracia da saúde pública, grande parte da mídia, os fabricantes de máscaras, testes e vacinas e o segmento do público cujas ansiedades e sinalização obsessiva de virtude mapeiam perfeitamente o pânico da pandemia.

-Publicidade-

Nós nos encontramos em um estado louco de limbo: não existe mais uma grave ameaça da covid-19 (como o próprio Anthony Fauci admitiu). No entanto, estamos apegados às reações cuja única justificativa era lidar com a grave ameaça da covid-19.”

Gostou? Dê uma olhada no conteúdo abaixo.

Além da covid-19

A Edição 115 da Revista Oeste vai além do texto de Debbie Lerman. A publicação digital conta com reportagens especiais e artigos de Edilson Salgueiro, J.R. Guzzo, Guilherme Fiuza, Rodrigo Constantino, Ana Paula Henkel, Flavio Morgenstern, Loriane Comeli, Alan Ghani, Bruno Meyer, Evaristo de Miranda, Dagomir Marquezi, Joanna Williams e Marcos Pollon.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste está no ar desde março de 2020. Sem aceitar anúncios de órgãos públicos, o projeto é financiado diretamente por seus assinantes. Para fazer parte da comunidade que apoia a publicação digital que defende a liberdade e o liberalismo econômico, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários Ver comentários

  1. LEMBRAM-SE DO COVIDÃO DENUNCIADO POR ROBERTO JEFFERSON? ENTENDO QUE TEM MAIS AINDA: O VACINÃO. O SERINGÃO! O AGULHÃO! O ÁLCOOL EM GEL! AS MÁSCARAS, ENFIM, UMA AMPLA GAMA DE OPORTUNIDADES PARA OS ESPERTALHÕES DE PLANTÃO! NÃO É À TOA QUE AUMENTOU A DISTÂNCIA ENTRE
    POBRES E RIQUÍSSIMOS!!! SIMPLES ASSIM!

  2. É cada vez mais do que claro que nunca foi “pela saúde” e quem não vê ou prefere não ver, é mais doente do que a própria covid ou é cúmplice dessa máfia da covid que se formou (e já sabemos que vem de muitos anos atrás, antes de sequer sabermos que a covid exisia, pelo menos oficialmente) 🤷🏻‍♀️

  3. Quem se beneficia da covid-19 sem fim?
    Para responder, está com a palavra a mídia mainstream liderada pela GloboFakeNews. Provavelmente, digo pro-va-vel-men-te financiada pelo lobby da industria farmaceutica mundial, as conhecidas BigFarmas. É o que eu penso.

  4. Falando do público em sua maioria, por não ter desenvolvido durante seu crescimento, uma proatividade elevada, tem como recurso buscar culpados para sua inércia e insucesso. Psicologicamente a pandemia aliviou o stress de ter que fazer algo e assim, depois de dois anos de se agarrar a esses subterfúgios, fazer perdurar um pouco mais a sensação de alívio de responsabilidade pessoal parece ser algo bom. Isso revela que para além da COVID existem doenças psico-emocionais pandêmicas muito mais sérias com as quais a sociedade precisa tratar.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.