‘Relatório é manipulação’, informa China sobre arsenal nuclear

Partido Comunista rebateu documento dos EUA sobre expansão nuclear do país asiático
-Publicidade-
O governante também acusou Washington de "inflar a tese da China como ameaça nuclear"
O governante também acusou Washington de "inflar a tese da China como ameaça nuclear" | Foto: Reprodução/YouTube

O governo chinês classificou como “manipulação” um relatório do Pentágono divulgado na quarta-feira 3, que alerta para uma expansão mais rápida que o esperado do arsenal nuclear do país asiático.

Um documento elaborado pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos alerta que a China está expandindo suas capacidades de armas nucleares mais rapidamente do que se acreditava.

“O documento divulgado pelo Departamento de Defesa dos EUA, como outros semelhantes anteriores, ignora os fatos e está cheio de preconceitos”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin.

-Publicidade-

O governante também acusou Washington de “inflar a tese da China como ameaça nuclear” e, rebatendo o teor do relatório, apontou justamente os Estados Unidos como “a maior fonte mundial” de preocupação em torno desse tema.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.