Rússia apela contra suspensão da Fifa que exclui país da Copa

Entidade anunciou na última semana a exclusão do país de competições internacionais, após início da invasão à Ucrânia
-Publicidade-
Rússia corre contra o tempo para reverter exclusão das Eliminatórias
Rússia corre contra o tempo para reverter exclusão das Eliminatórias | Foto: Divulgação/Fifa

A Rússia acionou a Corte Arbitral do Esporte (CAS) nesta terça-feira, 8, apelando contra as suspensões impostas na última semana por Fifa e Uefa, entidades que respondem pela organização do futebol em nível global e europeu, respectivamente.

No último dia 28 de fevereiro, em comunicado conjunto, Fifa e Uefa anunciaram que a seleção russa e os times do país estão fora de competições internacionais por tempo indeterminado, em razão da invasão militar do país à vizinha Ucrânia.

A Corte Arbitral do Esporte, baseada na Suíça e que age em impasses internacionais esportivos, manifestou, em nota, que espera chegar a um veredito sobre o caso de forma breve. Isso porque a Rússia tinha partida agendada contra a Polônia no dia 24 de março, válida pela repescagem das eliminatórias da Copa do Mundo deste ano, a ser realizada no Catar. O jogo originalmente estava marcado para acontecer em Moscou, mas a Fifa anunciou, nesta terça-feira, que os poloneses estão qualificados em razão da exclusão russa.

A federação de futebol da Polônia havia se pronunciado, na última semana, ressaltando que não aceitaria enfrentar a Rússia na repescagem pela classificação na Copa. A equipe que vencer o confronto deveria disputar uma vaga direta no Mundial contra o ganhador de República Tcheca e Suécia — ambos países também anunciaram que não pretendem jogar contra os russos, por causa do impasse na Ucrânia.

Nesta terça, a Fifa também decidiu adiar a partida entre Ucrânia e Escócia, válida pela repescagem da Copa do Mundo de 2022. O confronto estava marcado para 24 de março e agora espera por nova data.

Neste momento fora de torneios internacionais, a Rússia manteve nos últimos anos uma relação estreita com a cúpula da Fifa, em razão da organização do país da última edição da Copa do Mundo, em 2018, com ótimos resultados financeiros para a entidade.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.