Rússia e Ucrânia acertam criação de ‘corredor humanitário’

Diplomatas dos países se encontraram nesta quinta-feira, 3, para uma nova rodada de negociações
-Publicidade-
Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, e Vladimir Putin, presidente da Rússia
Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, e Vladimir Putin, presidente da Rússia | Foto: Reprodução/Redes sociais

Diplomatas da Rússia e da Ucrânia concluíram nesta quinta-feira, 3, a segunda rodada de negociações para tratar de um possível cessar-fogo. O encontro, realizado em Belarus, iniciou às 11 horas (horário de Brasília). Ao fim da conversa, os representantes dos países decidiram pela criação de corredores humanitários, para entrada de provisões e retirada de civis; possível cessar-fogo na região desses corredores; e o agendamento de uma nova reunião.

“Conseguimos chegar a um entendimento sobre a questão principal”, disse o conselheiro presidencial ucraniano, Mykhailo Podolyak, depois do encontro. “Agora, temos o que responder para centenas de pessoas com parentes nos territórios em conflito. O mais brevemente possível, ofereceremos a possibilidade de sair desses territórios com segurança.”

O chefe da delegação do Kremlin também celebrou o resultado do encontro. “Mais uma vez, a Federação Russa reforça que a intenção é manter a paz nessa situação”, afirmou Vladimir Medinsky. “Pedimos que a população use esses corredores humanitários e esperamos que isso tudo se resolva logo.”

-Publicidade-

Putin dobra a aposta

Mais cedo, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou que pretende continuar a escalada militar na Ucrânia. “O pior da guerra ainda está por vir”, alertou o ex-agente da KGB. O Kremlin informou que a operação militar em Kiev visa a combater neonazistas e desmilitarizar o país.

Leia também: “Putin desafia o Ocidente”, reportagem de Flavio Morgenstern publicada na Edição 101 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.