-Publicidade-

Rússia pressiona EUA e Irã para retomada de acordo nuclear

O regime iraniano quer o fim das sanções impostas pelos norte-americanos
Joe Biden [<i>à esq.</i>] e Vladimir Putin terão de chegar a um acordo com o Irã
Joe Biden [à esq.] e Vladimir Putin terão de chegar a um acordo com o Irã | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

A Rússia pediu aos Estados Unidos que colaborem e sinalizem disposição para retomar o acordo nuclear com o Irã, suspendendo assim as sanções contra o país islâmico. As autoridades russas também se dirigiram ao governo iraniano, orientando que ele se contenha para não complicar as negociações com os norte-americanos. A gestão do presidente Joe Biden avalia as maneiras de restaurar o acordo nuclear de 2015, firmado pelo Irã com diversas potências mundiais, e abandonado pelo ex-presidente Donald Trump em 2018. Além de cancelar o acordo, o republicano também instaurou sanções contra o país localizado no sudoeste asiático. Para retomar as tratativas com a administração Biden, o governo iraniano defende que as sanções devem ser reduzidas. Visando ao auxílio nas negociações entre o Irã e os Estados Unidos, o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia reiterou a importância da retirada das sanções. “Pedimos que os Estados Unidos expressem vontade política e enviem um sinal ao Irã e outros membros da comunidade internacional alertando sobre sua disposição para voltar ao Plano de Ação Conjunto Global”, afirmou Sergei Ryabkov.

Segundo o diplomata, caso o país norte-americano demonstre flexibilidade, “complicações” com o Irã podem ser evitadas. A decisão sobre o acordo deve ser tomada até 21 de fevereiro, como afirmam as autoridades iranianas. De acordo com o ministro das Relações Exteriores do Irã, os Estados Unidos precisam agir rapidamente para retirar as sanções e retornar ao acordo nuclear. Caso contrário, o país islâmico deve endurecer sua posição contra os norte-americanos, ameaçando reduzir significativamente a presença dos inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea) no país.

Leia também: “Irã inicia produção de urânio metálico, informa agência”

Com informações da Jovem Pan

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês