Rússia registra maior número de mortes diárias por covid desde o início da pandemia

Ao todo, 1.159 pessoas morreram nas últimas 24 horas
-Publicidade-
Vladimir Putin é presidente da Rússia
Vladimir Putin é presidente da Rússia | Foto: Divulgação/Kremlin

A Rússia registrou nesta quinta-feira, 28, um novo recorde de mortes e infecções por covid-19. De acordo com dados divulgados pelo governo local, 1.159 pessoas morreram e 40.096 foram infectadas com o vírus nas últimas 24 horas. Oeste fez um panorama sobre o novo surto da epidemia no país.

O recrudescimento da crise sanitária pressionou Moscou a fechar serviços considerados não essenciais e a adotar uma série de medidas restritivas para conter a escalada de contaminação. Restaurantes, salões de beleza, lojas de roupas, academias e escolas de dança permanecerão fechados até 7 de novembro. Segundo o prefeito da capital do país, Sergei Sobyanin, apenas centros de venda de remédios, alimentos e itens básicos poderão funcionar.

O número total de mortos no país ultrapassa a marca de 235 mil. Atualmente, apenas um terço dos russos está totalmente imunizado contra a covid-19.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Russia é comandada atualmente por um ex major do Exército, era agente da KGB (Vladimir Putin ). Ele trabalhou por esta entidade, que foi a principal organização do serviço secreto soviético, em Dresden, então Alemanha Oriental, nos anos 90, tendo residido na chamada Vila da KGB. Então, o DNA comunista ainda é nato na atual Russia. Imagina se não!!

  2. Se o vírus não tivesse sido politizado, era só perguntar um médico realmente especializado que diria ser normal esse aumento no inverno visto que esse vírus fica mais ativo com o frio. Simples assim.

  3. Bom dia Paulo.
    Russia já não é mais um pais comunista como lo é China, Korea, Cuba, etc. Investigue.
    Essas opiniões sem fundamento não são justas. Seria a mesma coisa dizer que a Alemanha é ainda nazista. Investigue o que acontece na Europa, Itália, Frância, Alemanha, etc. com o avance do autoritarismo. Veja o que acontece no Brasil com os passaportes de saúde, etc. Na Russia não tem nada de isso. O aumento é por que eles estão entrando no inverno. Espere a chegar o inverno no Brasil com a quantidade de vacinados que tem e você vai ver o que sucede. Veja o aumento das mortes de vacinados full. Pode investigar na própria NIH, FDA, tem dados oficias etc, Vai ver que os internados com covid são em sua maioria vacinados.
    A uns 15 dias o professor Luc Montagner (Premio Nobel no 2008 por ter descoberto o HIV) fez uma declaração juramentada nos tribunais de Nuremberg e ele falou que as vacinas são o maior crime já cometido contra a humanidade, falou em um numero assustador de mortes em durante os 3 anos apos vacinação (bilhões). Por que um senhor já maior, uns dos mas respeitados virologistas do mundo falaria uma coisa do gênero? Não é o Queiroga entende?
    Nos moramos numa cidade pequena é estamos escutando de mais pessoas passando mal pelas vacinas que de enfermos por covid incluindo mortes. Por nosso trabalho falamos com pessoas de varias cidades do mundo e do Brasil. A uns 10 dias dois conhecido maiores de 60 que tinham tomado a duas doses de Coronavac tomaram a terça dose de Pfizer. 24 horas depois ambos foram a óbito em Fortaleça (Segundo o posto de saúde de parada cardíaca). Já conhecemos vários totalmente vacinado com covid, incluindo toda minha família (vacinados na Argentina com Sputnik V e Pfizer) e o tio de minha esposa (vacinado com Coronavac) Minha irma e seu marido ambos já tinham tido covid e depois de vacinados voltaram a ter. O marido dela que tinha passado mal volto a passar muito pior.
    Cada um tem que sacar suas próprias conclusões. O tempo e não o relato falaram a verdade.
    Antes de que me chame de comunista lhe faço saber que sou de ideologia liberar algo anárquica.
    Tenha um bom dia 🙂

    1. Olá. Sim, a União Soviética não existe mais, mas a ditadura sinistra de Putin está mais forte que nunca. A prisão de Alexei Navalny não tem nada de justiça ou democracia, mas somente do poder de coerção que Putin representa e que é tradicional na Rússia. Vacinas ruins como a Sputnik que trás em si o vírus ativo da gripe não podem continuar nos quadros de vacinação válidos para 2022, sinceramente.

  4. Todos sabemos que esses países como Rússia, China e outros congêneres são muito fechados nesse quesito de informações sobre a área da saúde. Ficamos sem saber o que está se passando por lá sobre esse tal recrudescimento dessa contaminação do covid-19, que variante é, por que a tal vacina Sputnik fabricada por lá não está cumprindo com seu papel de proteger a população, afinal, o que há por lá.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.