Revista Oeste - Eleições 2022

Senado dos EUA aprova projeto de lei que endurece controle de armas

Aprovação é resultado de um acordo entre democratas e republicanos
-Publicidade-
Os EUA trabalham para endurecer o controle de armas
Os EUA trabalham para endurecer o controle de armas | Foto: Reprodução/Pixabay

O Senado dos Estados Unidos aprovou, na quinta-feira 23, por 65 votos a 33, o projeto de lei bipartidário que aumenta o controle de armas no país. Agora, o texto seguirá para a Câmara e estará mais próximo de entrar em vigor. A aprovação é resultado de um acordo entre democratas e republicanos, que encerrou um impasse existente há um ano sobre a legislação de armamentos.

O consenso foi construído em um momento de turbulência em torno do tema, visto que o país ainda vive o luto dos assassinatos em massa ocorridos em um supermercado de Buffalo, em Nova Iorque, e em uma escola de ensino fundamental em Uvalde, no Texas.

Na votação de quinta-feira, 15 republicanos se juntaram a 50 democratas e votaram a favor da lei. Agora, os democratas se mobilizam para aprová-la na Câmara, onde possuem a maioria. Também há a expectativa de o Partido Republicano instruir os deputados a se oporem. Caso seja aprovado, o presidente Joe Biden sancionará o projeto.

-Publicidade-

A reforma pretende “melhorar” as verificações de antecedentes criminais. Ela dá dez dias úteis para as autoridades revisarem os registros de saúde mental e de delitos juvenis para os menores de 21 anos que desejam comprar armas. Outra proposta é usar recursos federais para ajudar os Estados a colocarem em prática as leis de bandeira vermelha (red flag), que permite às autoridades confiscarem armas de pessoas consideradas perigosas.

O projeto também garante que namorados sejam incluídos em uma lei federal que proíbe agressores domésticos de comprarem armas de fogo. A lei é atualmente restrita a casamentos.

A aprovação ocorre no mesmo dia em que a Suprema Corte do país decidiu expandir os direitos sobre armamentos.

Leia também: “O número de armas cresceu e os homicídios caíram”, entrevista com Marcos Pollon publicada na Edição 115 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Calma, pessoal: nova lei em trâmite nos E.U.A. apenas proibirá o porte de armas por quem tem distúrbios mentais e/ou ficha a polícia, a população de bem continuará com porte de arma. Razoável…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.