Protestos de sindicatos argentinos miram o presidente do país

Entidades não aprovaram o reajuste no salário-mínimo
-Publicidade-
Ato ocorreu defronte ao Ministério do Trabalho
Ato ocorreu defronte ao Ministério do Trabalho | Foto: Reprodução/Twitter

Sindicalistas se manifestaram contra o reajuste do salário-mínimo promovido pelo presidente da Argentina, Alberto Fernández. Na terça-feira 27, grupos se mobilizaram defronte ao Ministério do Trabalho, em Buenos Aires, para se queixar do novo valor fixado: $ 29.160 pesos argentinos (cerca de R$ 1,7 mil, na cotação atual). Contudo, o aumento será gradual e alcançará o valor firmado apenas em fevereiro de 2022.

O ajuste de 35% em relação à quantia atual não corrigiu o valor da inflação, tampouco chegou a 50% da cesta básica, criticaram representantes das entidades. Hoje, a população do país recebe $ 21.600 pesos argentinos (R$ 1,2 mil). Neste mês, a alteração correspondente será de apenas 9%. Uma cláusula do acordo prevê revisão em setembro deste ano. Aliados do governo, os sindicalistas sinalizam desembarque do governo Fernández.

-Publicidade-

Leia também: “O alerta do tango argentino”, artigo de Rodrigo Constantino publicado na Edição 53 da Revista Oeste

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comments

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site