Starbucks fecha 130 cafés e deixa a Rússia

'Decidimos não manter a marca no mercado', disse Kevin Johnson, presidente da rede
-Publicidade-
A rede mantinha cerca de 2 mil funcionários no país
A rede mantinha cerca de 2 mil funcionários no país | Foto: Reprodução/Divulgação

A Starbucks anunciou nesta segunda-feira, 23, que está deixando de vez a Rússia. Depois de 15 anos de funcionamento no país, a motivação do “abandono” é a invasão russa à Ucrânia.

A rede de cafeterias já havia suspendido as operações na Rússia em março. Ao todo, desde a inauguração, em 2007, são 130 lojas operadas pelo licenciado Alshaya Group — que detém os direitos de uso da marca na Rússia.

“Decidimos não manter a marca no mercado russo”, declarou Kevin Johnson, presidente da Starbucks, em nota obtida pela agência de notícias Reuters.

-Publicidade-

Conforme a Starbucks, todos os 2 mil trabalhadores da rede no país serão pagos durante seis meses e receberão ajuda para encontrar novos empregos fora da rede de cafeterias.

Além da Starbucks, outras empresas também já abandonaram o mercado russo, em virtude dos ataques do presidente Vladimir Putin à Ucrânia, como o McDonald’s e a Renault — que vendeu as fábricas à Rússia na segunda-feira 16.

Em nota, a Renault comunicou que vendeu todas as ações que tinha na AvtoVAZ — maior fabricante de automóveis da Rússia — para o Instituto Russo de Pesquisa e Desenvolvimento de Automóveis e Motores.

Leia também: “Devagar, malfeito e complicado”, artigo publicado na Edição 102 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.