Talibã acaba com manifestação de mulheres a tiros

Rara manifestação reuniu 40 mulheres que pediam "pão, trabalho e liberdade"
-Publicidade-
Foto: reproduçãoi Twitter/DW
Foto: reproduçãoi Twitter/DW

O regime radical islâmico do Talibã, que domina o Afeganistão, reprimiu um raro protesto de mulheres com tiros para o alto. O protesto reuniu cerca de 40 mulheres nas ruas da capital, Cabul.

As manifestantes se reuniram em frente ao Ministério da Educação e pediam “pão, trabalho e liberdade”, marcando o primeiro aniversário da retomada do poder pelo Talibã. As imagens foram divulgadas pela rede alemã Deutsche Welle:

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

11 comentários Ver comentários

  1. Um mal que se espalha pelo mundo todo e principalmente pela, até então, “civilizada” Europa, hoje em dia totalmente contaminada pelo islamismo que tomou todo o espaço que tem hoje naquele continente, graças às esquerdas.
    Em pouco tempo, não dou mais uma década, e isto estará acontecendo também na França onde mulheres já são diariamente atacadas e assediadas por muçulmanos, e jovens franceses são constantemente assassinados.

  2. Cadê as feministas ?as celebridades? as intelectuais da USP? Avivando a memória a amizade de Lula com o Irã será que passa por isso?

  3. Quanto tempo até comentarista lesado dizer que é culpa da semente de ódio que Bolsonaro plantou no mundo e o jornal porco corrupto de esquerda fazer matéria tirada da bund@( como a dos disparos de zap em 18),dizendo que havia integrantes do gabinete do odio infiltrados na democracia Talibã

  4. As vezes sinto raiva do povo afegão. Os americanos ficaram 10 anos no país, defendendo e treinando o povo a se defender, e aprenderam nada, deixaram o talibã voltarem. Cada povo tem o governo que merecem.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.