-Publicidade-

‘The Intercept’ censura Glenn Greenwald e ele se demite

Co-fundador do site afirma que escreveu artigo com críticas ao candidato democrata Joe Biden e que veículo se negou a publicá-lo.
Glenn Greenwald: censurado no próprio veículo que fundou, o <i>The Intercept</i>| Foto: Foto: Gage Skidmore
Glenn Greenwald: censurado no próprio veículo que fundou, o The Intercept| Foto: Foto: Gage Skidmore | glenn greenwald, the intercept, joe biden, hunter biden, eleições americanas 2020

Co-fundador do site afirma que escreveu artigo com críticas ao candidato democrata Joe Biden e que veículo se negou a publicá-lo

glenn greenwald, the intercept, joe biden, hunter biden, eleições americanas 2020
Glenn Greenwald: censurado no próprio veículo que fundou, o The Intercept
Foto: Gage Skidmore/Flickr

Glenn Greenwald não é mais parte do The Intercept, site jornalístico de esquerda que ajudou a fundar em 2013 e que se especializou em hackear celulares de envolvidos na Operação Lava Jato para tentar desmorálizá-los e acabar com a força-tarefa, na tentativa de livrar da prisão o ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva.

Aparentemente, o feitiço virou contra o feiticeiro.

Ao escrever um artigo com “sessões críticas” ao candidato democrata das eleições dos Estados Unidos, Joe Biden, e sobre o filho dele, Hunter, envolvidos num escândalo, Greenwald viu seus pares censurarem integralmente o texto.

Com isso, resolveu pedir demissão e publicou um longo texto no site Substack, em que explica o que vem acontecendo de errado no The Intercept sob seu ponto de vista e em que promete publicar o artigo que foi proibido em sua antiga casa.

“A interação atual do The Intercept é completamente irreconhecível quando comparada com a visão original. Em vez de oferecer um local para a discordância, para vozes marginalizadas e para perspectivas desconhecidas, está rapidamente se tornando apenas mais um meio de comunicação com lealdades ideológicas e partidárias obrigatórias”, lamentou Greenwald.

O jornalista, no entanto, já avisou que deve começar um novo veículo de comunicação em breve.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês