Revista Oeste - Eleições 2022

União Europeia bane voos da Bielorrússia

O Conselho Europeu recomendou ainda que as linhas aéreas locais evitem sobrevoar o território bielorrusso
-Publicidade-
O presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko
O presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko | Foto: Ron Przysucha/ Public Domain

Os voos de qualquer empresa da Bielorrússia estão banidos dos aeroportos e do espaço da União Europeia (UE). A decisão ocorreu na segunda-feira 24, em retaliação à prisão Roman Protasevich, de 26 anos, um dos principais opositores do regime. O ativista foi preso depois que um voo comercial em que ele estava foi obrigado a pousar por ordem do ditador bielorrusso Alexander Lukashenko. A aeronave cruzava o espaço aéreo do país para realizar um trajeto entre as capitais Atenas, na Grécia, e Vilnius, na Lituânia.

O Conselho Europeu recomendou ainda que as linhas aéreas locais evitem sobrevoar o território bielorrusso. Ursula von der Leyen, presidente do órgão da UE, classificou o ato do ditador como “inaceitável sequestro”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.