União Europeia não reconhece governo do Talibã no Afeganistão

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, descarta negociações políticas com a milícia que retomou o poder no país
-Publicidade-
Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, demonstrou ceticismo em relação à mudança de comportamento do Talibã
Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, demonstrou ceticismo em relação à mudança de comportamento do Talibã | Foto: Reprodução/Redes Sociais

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, afirmou neste sábado, 21, que o governo de milicianos e terroristas do Talibã no Afeganistão não será formalmente reconhecido pela União Europeia (UE), apesar de alguns países do bloco estarem mantendo diálogo com o grupo extremista.

As declarações da chefe da Comissão Europeia foram dadas durante visita a uma base aérea militar na Espanha. “Não há negociações políticas com o Talibã e não há reconhecimento do Talibã”, disse Von der Leyen. “[As negociações diplomáticas] São completamente distintas e separadas das negociações políticas ou de um eventual reconhecimento do futuro governo.”

Leia mais: “Soldados dos EUA e de outros países salvam crianças no Afeganistão”

-Publicidade-

Ainda segundo Von der Leyen, o bloco só investirá no Afeganistão se houver comprometimento do Talibã com o respeito aos direitos humanos e às liberdades. “Um bilhão de euros seriam reservados pela União Europeia para os próximos sete anos para ajuda no desenvolvimento do país, mas isso está vinculado a condições estritas: respeito aos direitos humanos, bom tratamento de minorias e respeito pelos direitos de mulheres e meninas”, afirmou.

Leia também: “Número 2 do Talibã chega a Cabul para formar novo governo”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro