Vacina contra covid-19 passa a ser obrigatória na Áustria

Exigência da imunização para maiores de 18 anos começa a valer no dia 4 de fevereiro
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Medicago
Foto: Divulgação/Medicago

Nesta quinta-feira, 20, o Parlamento da Áustria aprovou a obrigatoriedade da vacina contra a covid-19. A exigência da imunização para maiores de 18 anos entrará em vigor no dia 4 de fevereiro. Quem não obedecer a norma deverá pagar uma multa de quase € 3,6 mil (cerca de R$ 22 mil). Apenas pessoas com recomendações médicas poderão ser dispensadas da vacinação.

Ao aprovar a medida, por 137 votos, a Áustria se torna o primeiro país da União Europeia a adotar a obrigatoriedade da vacinação para toda população adulta. Em janeiro, a Itália aprovou a exigência da imunização apenas para os maiores de 50 anos.

Apesar de a maioria da população da Áustria (74%) estar com o esquema vacinal completo (duas doses), a norma foi aprovada em resposta à alta registrada nos contágios pela variante Ômicron.

-Publicidade-

Desaprovação da vacina obrigatória contra a covid-19

No último sábado, 15, a população da Áustria já havia se manifestado contra a lei de obrigatoriedade da vacina. Dezenas de milhares de pessoas foram às ruas de Viena protestar contra o governo, expressar indignação contra as medidas restritivas adotadas pelas autoridades e criticar o passaporte sanitário.

Leia também: “A hora do levante”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.