Variante Delta: vacina da Janssen pode ser menos eficiente

Estudo preliminar da Universidade de Nova York indicou níveis de anticorpos menores em comparação com outros imunizantes
-Publicidade-
Vacina da Janssen, do grupo Johnson & Johnson | Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF
Vacina da Janssen, do grupo Johnson & Johnson | Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

A vacina de dose única da Janssen contra a Covid-19, fabricada pelo laboratório Johnson & Johnson pode ser menos efetiva contra a variante Delta do coronavírus, apontou um estudo preliminar feito por especialistas da Universidade de Nova York.

Leia mais: “Vacina da Janssen: ‘Anvisa dos EUA’ põe alerta para advertir sobre síndrome autoimune”

Durante o experimento, os pesquisadores observaram o comportamento dos anticorpos contra a variante indiana produzidos por pessoas que tomaram vacinas diferentes. No caso da Janssen, os níveis produzidos foram menores em comparação com outros imunizantes, mas os estudiosos dizem que isso não significa que o imunizante seja menos eficaz.

-Publicidade-

Leia também: “Após aval, DF vai aplicar vacinas da Janssen que chegaram congeladas”

Segundo a pesquisadora e coordenadora da Rede Análise Covid-19 dos Estados Unidos, Mellanie Fontes-Dutra, a pesquisa foi feita com amostras de sangue em laboratório, o que pode não refletir o desempenho da vida real. Assim, ainda é preciso analisar o impacto em hospitalizações, casos graves e também de mortes.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.