Vaticano indicia 9 pessoas e 4 empresas por fraude em investimento

Acusações incluem extorsão e abuso de poder; julgamento será em 27 de julho
-Publicidade-
Vaticano | Foto: Walkerssk/Pixabay
Vaticano | Foto: Walkerssk/Pixabay

O tribunal criminal do Vaticano indiciou, neste sábado, 3, nove pessoas e quatro empresas por acusações que incluem extorsão, abuso de poder e fraude em conexão com um investimento de 350 milhões de euros da Secretaria de Estado em um empreendimento imobiliário em Londres.

O presidente do tribunal, o juiz Giuseppe Pignatone, definiu 27 de julho como a data do julgamento. Quatro ex-funcionários da Santa Sé, incluindo dois da Secretaria de Estado, foram indiciados, assim como empresários italianos que administraram o investimento em Londres.

Leia mais: “Agronegócio aumenta exportação em 28,8% no primeiro semestre”

-Publicidade-

Os promotores do Vaticano acusam os suspeitos de roubar milhões de euros da Santa Sé em taxas e outras perdas relacionadas a diversas negociações financeiras. Os suspeitos negaram as irregularidades.

Com informações do Estadão Conteúdo e Associated Press

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site