WeChat e TikTok continuam a funcionar nos Estados Unidos

Depois de ameaça de banimento, aplicativo de vídeo 'ganhou bênção' de Trump e mensageiro, sobrevida por ordem judicial.
-Publicidade-
WeChat e TikTok permanecem ativos nos Estados Unidos | Foto: REPRODUÇÃO
WeChat e TikTok permanecem ativos nos Estados Unidos | Foto: REPRODUÇÃO | tiktok, wechat, estados unidos, china, banimento

Depois de ameaça de banimento, aplicativo de vídeo ‘ganhou bênção’ de Trump e mensageiro, sobrevida por ordem judicial

tiktok, wechat, estados unidos, china, banimento
WeChat e TikTok permanecem ativos nos Estados Unidos | Foto: REPRODUÇÃO

Tanto o TikTok, quanto o WeChat continuam a funcionar nos Estados Unidos.

-Publicidade-

Os dois aplicativos chineses, que desde julho são alvos de uma guerra diplomática, conseguiram dobrar a imposição do presidente americano Donald Trump, que queria vê-los banidos após esse domingo, 20 de setembro, se não fossem vendidos para investidores americanos.

O TikTok conseguiu a “bênção” de Trump para o negócio entre sua proprietária chinesa, a ByteDance, e a Oracle.

Já o WeChat, aplicativo de mensagens parecido com o WhatsApp e que, na China, serve até mesmo para pagar contar, foi mantido por ordem judicial.

A magistrada Laurel Beeler, de São Francisco, atendeu a um pedido feito por usuários e suspendeu a decisão do governo federal americano de proibir downloads do aplicativo. De acordo com a solicitação feita à Justiça, o banimento iria contra a Primeira Emenda à Constituição do país, que defende a liberdade de expressão.

O grupo que fez o pedido também afirmou que o WeChat é um importante meio de comunicação entre os chineses que moram nos Estados Unidos e seus parentes no país asiático.

A decisão, contudo, tem caráter temporário.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.