Zelensky: ‘Não vamos desistir de lutar por nossa terra’

Em discurso transmitido no Parlamento do Reino Unido, o presidente da Ucrânia lamentou o conflito no Leste Europeu
-Publicidade-
Volodymyr Zelensky disse que a Ucrânia seguirá lutando
Volodymyr Zelensky disse que a Ucrânia seguirá lutando | Foto: Reprodução/Flickr

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse nesta terça-feira, 8, que sua população não pretende se render à Rússia. “Gostaria de dizer ao mundo que não vamos desistir”, salientou, em pronunciamento transmitido no Parlamento do Reino Unido. “Não vamos perder. Lutaremos até o fim, no mar e no ar. Vamos continuar a lutar por nossa terra, não importa o custo.

Segundo Zelensky, o Kremlin é responsável pelo conflito no Leste Europeu. “É uma guerra que não iniciamos nem desejávamos”, ressaltou. “Nosso Exército mostrou quem somos. Mantivemos nossa humanidade mesmo após os ataques.” E continuou. “Inocentes estão sendo bombardeados. É um ataque contra todos nós. O terror russo é contra todo o mundo.

O líder ucraniano ainda voltou a pedir a criação de uma zona de exclusão aérea no país, alvo de mísseis disparados por aeronaves russas. “Em 13 dias de combate, ao menos 50 crianças foram mortas”, lamentou.

-Publicidade-

Na última sexta-feira, 4, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) rejeitou a ideia de adotar uma zona de exclusão aérea sobre o território ucraniano. Na prática, isso permite que as aeronaves russas continuem a sobrevoar o país. Caso houvesse o fechamento do espaço aéreo, as autoridades ucranianas teriam autorização para abater aviões de Moscou.

Leia também: “Devagar, malfeito e complicado”, reportagem de capa publicada na Edição 102 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários Ver comentários

  1. Esse palhaço fantasiado de soldado que manda civis sem treinamento básico, enfrentar um exército bem ou mal preparado também, não sei, ainda será o responsável por muita coisa que ainda está por vir. Ele que resolva com o Putin suas diferenças e não coloquem outros no meio dessa confusão e isso serve também para esses “líderes” europeus que ainda vão empurrar suas populações para essa merda aí, incluindo aí os norte-americanos. No final são um bando de psicopatas, todos eles.

  2. Só sei de uma coisa só sobre esse imbróglio: Não é prudente acuar um maluco com o maior arsenal de armas nucleares do planeta. Isso ainda não vai acabar bem e seria muito bom alguém por um freio nesse idiota aí para o bem do resto do mundo. Estão acuando a fera demais, a ponto do Xi Jinping chamar a atenção para isso daí.

  3. Zelensky está com os seus dias contados, quis ser “”espertinho”” sem saber jogar xadrez, tomou um Xeque-mate do Putin só que não sabe, ainda… (coitado do povo que sofre)

  4. Putin tá errado em iniciar a guerra. E no primeiro dia esse Zelensky pôs seus civis como escudos humanos, proibiu homens de sair do país e posteriormente libertou presos para servirem como soldados. Nunca tem santo na história, nenhum dos dois liga para o povo de seus países.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.