-Publicidade-

EUA quer aliança no 5G para impedir vigilância da China e de outras ‘entidades malignas’

Pelas redes sociais, o embaixador chinês, Yang Wanming, reagiu e classificou subsecretário norte-americano de "desavergonhado" e mentiroso

Pelas redes sociais, o embaixador chinês, Yang Wanming, reagiu e classificou subsecretário norte-americano de “desavergonhado” e mentiroso

Em viagem ao Brasil, o subsecretário de Estado norte-americano, Keith Krach, defendeu uma aliança para proteger dados e interesses de segurança nacional do “estado de vigilância do Partido Comunista Chinês e de outras entidades malignas”.

A declaração foi dada na quarta-feira, 11, e faz referência à tecnologia 5G. Segundo ele, a preocupação com a atuação da China é compartilhada por democratas e republicanos.

Leia mais: China expulsa deputados pró-democracia de Hong Kong

“Isso não vai mudar de forma nenhuma. Ambos os lados entendem as questões estratégicas do 5G e as implicações que isso terá. É uma grande mudança de paradigma. Republicanos e democratas entendem que a Huawei é uma extensão do braço de vigilância da China”, garantiu Krach.

Pelas redes sociais, o embaixador chinês, Yang Wanming, classificou Krach de “desavergonhado” e mentiroso. Depois, a embaixada da China disse que o objetivo do norte-americano é caluniar e causar discórdia na parceria sino-brasileira.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. O interessante é que não é só o americano quem diz isso daí, mas vários países já tomaram essa decisão de não comprarem ou implantarem (?) essa tecnologia 5G chinesa da Huawey, o que confirma as suspeições do americano. Mas, felizmente existem outras tecnologias por aí, é só escolher a mais conveniente. Só o vice presidente lobista do PCC, Mourão é quem acredita nisso daí e na vacina da Sinovac também. Vejam só no que deu essa “parceria” com essa empresa chinesa aí, transformando o tal Instituto Butantã em mero revendedor da vacina. Vão para a p.q.p!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês