No início de agosto, 1,1 milhão retornaram ao trabalho

Informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
-Publicidade-
Conforme o IBGE, várias pessoas estão retornando para suas atividades | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
Conforme o IBGE, várias pessoas estão retornando para suas atividades | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL | Conforme o IBGE, várias pessoas estão retornando para suas atividades | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

no início de agosto
Conforme o IBGE, várias pessoas estão retornando para suas atividades | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Afastados em razão do distanciamento social provocado pela pandemia de coronavírus, 1,1 milhão de trabalhadores retornaram às suas atividades na primeira semana deste mês. A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em levantamento divulgado nesta sexta-feira, 28. Além disso, houve redução de 3 milhões para pouco mais de 2,2 milhões o grupo que estava distante das atividades laborais por outro motivo — licença maternidade ou doença. No entanto, apesar da boa nova, o desemprego avançou em 11 Estados do Brasil.

-Publicidade-

Leia também: “2,9 milhões cancelam adesão e sindicatos perdem força”

“Isso significa que essa população afastada, por causa da pandemia ou por outros fatores, está retornando ao trabalho que tinha”, analisou a coordenadora da pesquisa, Maria Lúcia Vieira, no estudo publicado no site do IBGE. Conforme ela, desde o início de maio, quando a pesquisa começou, a população ocupada que não estava afastada aumentou em 10,8 milhões. Entre essas pessoas, 8,6 milhões (ou 11,5% da população ocupada e não afastada) trabalhavam remotamente. Esse contingente ficou estável frente à semana anterior (8,3 milhões ou 11,5%).

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.