-Publicidade-

Alesp gasta mais de R$ 800 mil com reforma de garagem

Gasto ocorre em pleno período de pandemia, informa jornal
Alesp: gastos com obras em meio à pandemia
Alesp: gastos com obras em meio à pandemia | Foto: Divulgação

A sede do Poder Legislativo paulista está em reforma em meio ao período de pandemia da covid-19 no Brasil e aos pedidos de “fique em casa” propagados pelo governador João Doria (PSDB). De acordo com reportagem publicada neste sábado, 16, pelo jornal Follha de S. Paulo, as dependências da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) se transformaram em “canteiros de obras” nos últimos meses.

Leia mais: “Por dentro da ‘gaveta’ de Rodrigo Maia”

De acordo com o jornal, uma das obras teve custo superior a R$ 820 mil. Foram melhorias na parte do estacionamento da sede do parlamento. O jardim de inverno da garagem, por exemplo, foi revitalizado com direito a lixamento e rejunte das paredes, instalação de floreiras e até transplantes de árvores. Para inserir no local uma obra em latão com o brasão do Estado de São Paulo, o custo adicional foi de R$ 5 mil.

Presidida desde março de 2017 por Cauê Macris (PSDB), aliado de Doria, a Alesp tem outros gastos efetuados ou previstos com obras durante a pandemia, informa a Folha de S. Paulo. Na lista aparecem as reformas dos três auditórios da Casa. Essas atividades, contudo, ainda aparecem em fase de estudos — com o aval para isso tendo ido além do tucano, com aprovações dadas pelo petista Ênio Tatto (primeiro-secretário) e pelo democrata Milton Leite Filho (segundo-secretário).

O outro lado

Em nota enviada ao jornal paulistano, a Alesp afirmou que os valores para tais ações já estavam anteriormente empenhados. “Obras são contratadas e realizadas com base em estudo técnico e licitação pública. O que significa que foram planejadas e previstas no Orçamento ainda em 2019”, afirmou a equipe de comunicação do órgão. A equipe da Alesp destacou, por fim, que economizou no decorrer do ano passado e ajudou com investimentos no combate à pandemia. “No exercício de 2020 a Casa fará a maior devolução de orçamento de sua história ao Governo do Estado — cerca de R$ 300 milhões — para ajudar no combate a pandemia da Covid-19.”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês