Anvisa pede proteção policial a diretores e servidores

Agência informou que funcionários da autarquia têm recebido ameaças depois de recomendarem a vacinação pediátrica
-Publicidade-
O documento tem citações ao presidente Jair Bolsonaro
O documento tem citações ao presidente Jair Bolsonaro | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) solicitou à Polícia Federal proteção para seus funcionários neste domingo, 19. Segundo a autarquia, servidores receberam ameaças por meio das redes sociais.

Na semana passada, a Anvisa autorizou a vacina contra a covid-19 da Pfizer para crianças a partir de cinco anos. Além disso, a agência reguladora solicitou investigação das ameaças à Procuradoria-Geral da República (PGR).

O documento tem citações ao presidente Jair Bolsonaro. Conforme noticiou a Revista Oeste, o chefe do Executivo prometeu que iria divulgar os nomes dos técnicos responsáveis pela autorização da imunização pediátrica.

-Publicidade-

“Solicita-se a adoção das medidas necessárias para apuração criminal dos referidos atos praticados e conhecidos no sábado, dia 18/12/2021”, comunicou o órgão, à PGR. “Reitera-se com urgência o pedido de proteção policial”.

Atritos da Anvisa com o governo

A Anvisa se defendeu de críticas por permitir a vacinação infantil contra a covid-19. Na sexta-feira 17, ocasião da decisão dos técnicos da autarquia, a autarquia publicou uma nota em que se considera “vítima de ativismo político violento”.

“Repudiamos e repelimos com veemência qualquer ameaça, explicita ou velada que venha constranger, intimidar ou comprometer o livre exercício das atividades regulatórias e o sustento de nossas vidas e famílias”, comunicou.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

10 comentários Ver comentários

  1. SÓ FALTA OS PROPAGANDISTAS DAS VACINAS, QUE NÃO IMPEDEM A TRANSMISSÃO DE NADA, E AGORA INDICADAS ATÉ PARA CRIANÇAS, VENHAM FUTURAMENTE, AO PERCEBEREM QUE OS LUCROS PODEM AUMENTAR AINDA MAIS, INDICAR A NECESSIDADE DESSA VACINAÇÃO TAMBÉM PARA OS CÃES E GATOS, POIS SABEM
    QUE NO MUNDO HÁ TOLOS PARA TUDO!

  2. Ué mas não estão salvando vidas? Alias , para onde os pais devem ligar quando os filhos tiverem algum problema? ou a Anvisa assim como o fabricante tb não se responsabiliza.

  3. A Agência serve à sociedade, e não o contrário.

    É desse serviço que depende o sustento das famílias dos servidores. Se servirem bem, farão jus ao sustento e à dignidade de seus cargos. Se servirem mal, serão alvos da ira da sociedade.

    Toda decisão tem consequências. Se contavam com a proteção incondicional do Estado, agora irão descobrir que o Estado existe porque a sociedade existe. Exercendo todos os cargos do Estado há um pai, uma mãe, um filho ou uma filha.

    Se um mal atingir todas as crianças do país por causa de uma má decisão, será impossível abafar a ira da sociedade.

  4. Tadinhos deles, tão inocentes, tenho até peninha! Mas não sei porquê tanto medo em dar os nomes, a vacinas não não são seguras e totalmente recomendadas para os pequenos inocentes? Qual o problema em dar nomes aos bois? 🤔

  5. A verdade é que essas farmacêuticas ganharam fortunas incalculáveis com essa estória dessas “picadinhas” que estão “convencendo” todos esses atores desses “órgãos de controle” que por sua vez, liberam esses absurdos ao autorizarem a inoculação de substâncias suspeitas na população, agora, as crianças. Isso é de uma covardia inominável. Então aguentem as consequências.
    Por outro lado, estou achando que essa conversa de que estão recebendo ameaças via redes sociais é pura balela. Ninguém é idiota a ponto de enviar um e-mail ou outro dispositivo qualquer para isso e além do mais, o sujeito que que liquidar alguém, não avisa primeiro, executa simplesmente.

  6. A ANVISA VIROU UMA ONG. Quer agradar a lacrolândia e as FARMACÊUTICAS. Tá na hora da AGU INVESTIGAR ESSE CONSELHO E O DIRETOR DA ANVISA. Lobby é pouco! Aí tem coisa!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.