Após determinação de Moraes, contas do PCO são retiradas de redes sociais

Partido chamou ministro de 'skinhead de toga' em publicação no Twitter e pediu dissolução da Corte
-Publicidade-
Moraes incluiu PCO no inquérito das <i>fake news</i> | Foto: Nelson Jr./SCO/ST
Moraes incluiu PCO no inquérito das fake news | Foto: Nelson Jr./SCO/ST

As contas nas redes sociais do Partido da Causa Operária (PCO) foram retiradas do ar do Twitter e do TikTok, depois de determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). A previsão é que perfis em outras plataformas sejam derrubados nesta quinta-feira, 23.

O PCO é investigado no inquérito sigiloso das “fake news” por causa de uma publicação no Twitter. Em 1º de junho deste ano, a legenda publicou críticas à Suprema Corte. Na postagem, o partido chamou Moraes de “skinhead de toga.” Moraes afirmou em decisões anteriores que o partido estava sob investigação por supostamente utilizar dinheiro público para realizar postagens antidemocráticas contra a Corte.

“Em sanha por ditadura, skinhead de toga retalha o direito de expressão, e prepara um novo golpe nas eleições. A repressão aos direitos sempre se voltará contra os trabalhadores! Dissolução do STF!”, publicou o perfil do PCO.

-Publicidade-

Na segunda-feira 20, Moraes mandou Facebook, Twitter, Instagram, YouTube, Telegram e TikTok suspenderem os perfis do PCO, sob pena de multa diária de R$ 20 mil após a notificação.

O partido nega a acusação de atentado contra a democracia. “Nem o PCO recebe dinheiro público — exceto em período eleitoral — nem atentou contra as tais instituições, mas, sim, criticou a atuação dos ministros do Supremo e propôs, como parte de seu programa democrático, uma reforma do Judiciário”, diz trecho de nota da legenda.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.