‘Até quando podemos aguentar essa irresponsabilidade do ‘lockdown’?’, questiona Bolsonaro

Presidente disse que a política do "fecha tudo" tem como consequência a destruição de milhões de empregos
-Publicidade-
Presidente da República, Jair Bolsonaro, e ministro da Economia, Paulo Guedes
Presidente da República, Jair Bolsonaro, e ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Reprodução/YouTube

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar duramente nesta quinta-feira, 11, novos fechamentos determinados por governadores e prefeitos em decorrência do agravamento da pandemia. Ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes, ele disse que medidas de lockdown são uma “irresponsabilidade”.

Bolsonaro afirmou que as pessoas querem trabalhar e não entende com que intenção alguns “remam contra isto”. Segundo ele, existe “tremenda ambição” e “parece que tem gente que está lutando pelo poder e só consegue atingir a figura do presidente da República se continuar tomando medidas como esta”.

-Publicidade-

Leia mais: “Doria endurece isolamento e inaugura fase mais restritiva”

“Até quando nós podemos aguentar essa irresponsabilidade do lockdown?”, questionou.

Em encontro virtual promovido pela Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, Bolsonaro disse que a política do “fecha tudo” tem como consequência a destruição de milhões de empregos. Ele reforçou que também se preocupa com a pandemia e com vidas.

Segundo o presidente, a capacidade de endividamento do governo está próxima ao limite e, se for ultrapassada, haverá um desequilíbrio na economia.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.