-Publicidade-

Bia Kicis tem ‘todos os atributos’ para comandar a CCJ, dizem procuradores do DF

Associação dos Procuradores do Distrito Federal deu apoio à deputada, que é procuradora aposentada
Deputada Bia Kicis
Deputada Bia Kicis | Foto: Michel Jesus/ Câmara dos Deputados

Por decisão unânime, a Associação dos Procuradores do Distrito Federal externou “irrestrito apoio” à deputada Bia Kicis (PSL-DF), que foi indicada para comandar a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

Em nota divulgada nesta quinta-feira, 11, a entidade lembra que Kicis é procuradora aposentada e diz que ela “possui todos os atributos necessários para o exercício de tão elevado cargo”.

Leia mais: “Isolamento faz setor de serviços cair 7,8% em 2020”

A associação desejou o “mesmo sucesso conquistado nos inúmeros cargos que com galhardia exerceu na Procuradoria-Geral do Distrito Federal” e afirmou que a deputada sempre agiu com “esmero” e “liderança entre seus pares”.

Bia Kicis, que vem tendo o nome contestado por alguns colegas, compartilhou a nota de apoio nas redes sociais. Para assumir a CCJ, seu nome ainda terá quer ser aprovado pelo colegiado, o que deve acontecer logo após o Carnaval.

Leia nota na íntegra

“NOTA DE APOIO À DEPUTADA BIA KICIS

A Associação dos Procuradores do Distrito Federal, por decisão unânime de sua Diretoria, vem a público parabenizar e externar seu irrestrito apoio à Procuradora Aposentada e Deputada Federal BIA KICIS, indicada para presidir a Comissão de
Constituição e Justiça da Câmara Federal – biênio 2021/2022, desejando-lhe o mesmo sucesso conquistado nos inúmeros cargos que com galhardia exerceu na Procuradoria-Geral do Distrito Federal, entre eles o de Procuradora-Geral Adjunta, Procuradora-Corregedora e Assessora-Chefe da Assessoria Especial da PGDF, sempre agindo com esmero e demonstrando liderança entre seus pares, tratando todos de forma cordial e respeitosa.

A APDF está certa de que a indicada possui todos os atributos necessários para o exercício de tão elevado cargo e que seu virtuoso histórico de atuação como advogada pública, sua inteligência, idoneidade, liderança, cordialidade e incansável dedicação à coisa pública, lhe credenciam a contribuir de forma relevante com os trabalhos a serem realizados no âmbito da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal no próximo biênio.

Brasília/DF, 11 de fevereiro de 2021.
Diretoria da Associação dos Procuradores do Distrito Federal”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês